MOVIMENTO ESCOLA MODERNA

No Externato “A Ritinha” orientamos a prática pedagógica segundo o Movimento de Escola Moderna e por princípios baseados na ideia de que a escola se quer inclusiva, defendendo assim:


• Uma “conceção social de ensino”, no qual o aluno é o “construtor activo da sua aprendizagem” e o professor desempenha um papel de orientador e gestor desse processo. A aprendizagem em interacção e cooperação com os outros não só o facilita como também promove situações
que preparam os alunos para a vida em sociedade;


• O desenvolvimento da autonomia dos alunos, em termos sociais, pessoais e profissionais;


• A importância de interpretar e adequar os diferentes ritmos e estratégias de aprendizagem dos alunos, como forma de se diferenciar o trabalho, para proporcionar experiências de aprendizagem o mais adequadas possível a cada aluno;


• A importância de que se aprenda de forma “significativa, diversificada e integrada”, procurando desenvolver atividades o mais familiares e próximas possíveis dos alunos;


• A adequação do trabalho aos interesses, capacidades e necessidades de aprendizagem de cada aluno, através da diferenciação pedagógica;


• A integração de um conjunto diversificado de actividades para o desenvolvimento de competências relacionadas, principalmente com a comunicação oral, a comunicação escrita e a leitura;


• A avaliação formativa/formadora e de carácter qualitativo, como forma de regulação contínua das aprendizagens de cada um dos alunos, particularmente e do grupo em geral. Neste processo de regulação, os alunos desempenham um papel ativo fundamental, no sentido
em que são os próprios que estabelecem os seus objectivos de trabalho e que planificam o seu percurso;


• A importância do apoio socioeducativo, prestado por profissionais especializados que trabalham em parceria com os professores titulares;


• Sendo a Comunidade Educativa constituída pelos alunos, professores; pais e encarregados de educação; pessoal não docente da escola; serviços de educação das Autarquias locais; Serviços Centrais e Regionais do Ministério da Educação, e que todos eles contribuem, de
diferentes formas para o bom funcionamento da comunidade educativa que é a escola, parece-nos imprescindível que se desenvolva uma boa relação entre todos para que se atinjam os objectivos a que se propuseram;


• A aproximação à família é condição fundamental para o equilíbrio das crianças na escola, pois permite o desenvolvimento progressivo de uma linguagem comum, diminuindo a possibilidade da criação de conflitos internos nos alunos, decorrentes da perceção de objetivos diferentes de
ambas as partes.

Professora de 1º Ciclo do Ensino Básico: Joana Martins Pereira

© EXTERNATO A RITINHA | ext.ritinha@gmail.com | +351 213 878 699 | Política de Privacidade